Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

O dia 28 de abril é dedicado mundialmente em memória às vítimas de acidente de trabalho, e pensando em sensibilizar os trabalhadores motoristas quanto aos riscos no trânsito, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST/Barreiras), em parceria com Polícia Rodoviária Federal (PRF) desenvolveu no município uma ação de conscientização em alusão ao Abril Verde, uma campanha de conscientização e orientação, cujo objetivo é prevenir acidentes e doenças do trabalho.
Na oportunidade, a equipe entregou panfletos informativos, realizou aferição de pressão e orientações aos motoristas e demais trabalhadores quanto à importância de respeitar os limites psicofisiológicos, bem como, não exceder a jornada de trabalho. O Abril Verde foi criado por iniciativa da população e conta com a participação de pessoas que desejam apontar a necessidade para implantação de uma nova cultura voltada à prevenção de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.
A coordenadora do CEREST/Barreiras destaca que segundo a Organização Internacional do Trabalho, todos os anos morrem, no mundo, mais de 1,1 milhão de pessoas, vítimas de acidentes ou de doenças relacionadas ao trabalho. Esse número é maior que a média anual de mortes no trânsito (999 mil), as provocadas por violência (563 mil) e por guerras (50 mil). Já no Brasil, segundo dados do Ministério do Trabalho, de cada 10 mil acidentes de trabalho, 100,5 são fatais. O MT destaca, dentre os muitos outros, o problema das máquinas e equipamentos obsoletos e inseguros, responsáveis por cerca de 20% dos acidentes de trabalho graves e incapacitantes registrados no Brasil.
“A Saúde do Trabalhador é o conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores. Essas atividades são realizadas todos os anos, a meta da Secretaria Municipal de Saúde através dos trabalhos desenvolvidos ao longo do ano no CEREST é reduzir esses números tão alarmantes e que cada trabalhador também se conscientize da sua colaboração, evitando os riscos no trânsito”, destacou Janaina Oliveira, coordenadora do CEREST/Barreiras e especialista em Saúde do Trabalhador.

error: Content is protected !!