(77) 99805 4104 [email protected]

Na manhã deste sábado (13), o prefeito Oziel Oliveira, a secretária de Educação, Rose Sertão e representantes do Sindicato dos Professores se reuniram para tentar um acordo e finalizar a greve da rede municipal.

Durante o encontro, o gestor informou que todas as escolas municipais passarão por reformas e manutenção da rede elétrica, com o aumento da capacidade de carga.

Oziel também pontuou a contratação de 42 vigilantes para as unidades escolares e a construção das 10 escolas municipais nos bairros Santa Cruz, Florais Léa, Mimoso II, Cidade Universitária, Jardim das Acácias, Tropical Ville, Jardim Paraíso, Sol do Cerrado e Vista Alegre, onde serão investidos mais de R$ 40 milhões.

Desta forma, o prefeito atenderia a três das principais reivindicações, que são a instalação de ar condicionado em todas as salas, maior segurança no ambiente de trabalho e o aumento de salas de aulas, para atender os cerca de 20 mil alunos da rede municipal.

O SINPROLEM voltou apresentar a proposta de 10% de aumento salarial. O prefeito acenou com 4,20 %, superando os 4,17 % recomendados pelo Ministério da Educação para o piso nacional da categoria em 2019. Neste caso, o reajuste seria retroativo ao mês de janeiro.

A proposta do executivo municipal será apresentada aos professores em assembléia a ser realizada nos próximos dias.

Enquanto os professores não decidem os rumos do movimento, as atividades nas creches e escolas do município continuam suspensas.