Homem de iniciais J.J.S de 28 anos visita vários estabelecimentos com intenção de efetuar compra de imóveis e carros de luxo, alegando ser o ganhador de prêmio milionário da LOTO FÁCIL.

De acordo com informações da Polícia Civil, o acusado alegava ser o ganhador de prêmio milionário e teria visitado uma corretora de imóveis, onde realizou a compra de um imóvel, recebendo em suas mãos as chaves da residência, onde esteve juntamente com sua esposa lavando o imóvel.

Uma corretora de veículos também recebeu a visita do estelionatário, que apresentava intenção de comprar dois veículos de luxo e após escolher os veículos, quando questionado pelo vendedor sobre a forma de pagamento, informou que iria à agência bancária para retirar o valor em espécie, pois efetuaria o pagamento à vista.

O acusado de estelionato estava sendo monitorado pela Polícia Civil assim que tomou conhecimento do caso e na tarde de quinta-feira (21), por volta das 14h, o homem que não teve sua identificação revelada, foi preso na Caixa Econômica Federal, em Luís Eduardo Magalhães, no momento em que exigia ao gerente da agência bancária o prêmio que havia recebido na LOTO FÁCIL. O indivíduo foi conduzido ao Distrito Integrado de Segurança Pública (DISEP) e ficará à disposição da justiça.