De quem você tem cuidado? Quem tem sido sua prioridade?
Você tem feito mais por você ou pelo o outro?

Pare um instante e reflita sobre estas perguntas, depois continue a leitura.
E aí, a qual conclusão chegou? Tem feito muito pelo o outro? E o que há de errado nisso?

Não há nada de errado em estender a mão ao outro e socorrer – lhe quando ele precisa. O erro está no momento em que você se deixa sempre de lado para atender o outro, a sua vida está constantemente em segundo plano, passa tempo demais tentando fazer de tudo pelo outro, para o outro e esquece de você, é sempre a última pessoa com que se importa. Ajudar ao próximo é sempre muito bom, mas vale a pena parar e refletir, até que ponto realmente isso está lhe fazendo bem. Priorizar-se, fazer mais por você e para você, não é egoísmo. Colocar as questões que diz respeito a você em primeiro lugar, não é ser egocêntrico, é sobre autocuidado, é amor próprio, é está bem consigo mesmo.

O fazer mais pelo o outro do que para você mesmo, pode até te dá alguma sensação de satisfação em alguns momentos, mas pode não ser benéfico, se necessário for, pergunte-se: qual a vida você está vivendo, a sua ou a do outro? Por isso não se deixe em um segundo plano, não fique para depois, você acontece agora. Seja protagonista da sua história, cuide de você em primeiro lugar, se importe com você, atenda às suas demandas, se acolha, se trate com carinho, priorize-se!

Cuide-se para depois poder cuidar, se você estiver bem consigo mesmo, muito mais você terá para oferecer. Quanto mais você cuidar de você, mais você terá para dá ao outro!
Isso é saúde mental!

Psicóloga Natalia Ferreira Vilanova
CRP 03/20286
Contato: 77 99930-2022
E-mail: nataliavilanovapsi@gmail.com